Barra do Garças – MT – 20 de abril de 2024
Barra do Garças – MT – 20 de abril de 2024

Incêndio em casa de shows de Istambul deixa dezenas de mortos e feridos


Pelo menos 29 pessoas morreram nesta terça-feira (2) em um incêndio deflagrado em uma conhecida casa noturna de Istambul, segundo informaram as autoridades turcas.

O incêndio começou por volta das 13h (horário local, 7h de Brasília) no bairro Gayrettepe, no centro da cidade, especificamente no local de eventos Masquerade, que tem capacidade para até três mil pessoas.

Em declarações por telefone, uma fonte da Masquerade confirmou à Agência EFE o incêndio na boate, mas se recusou a dar mais informações, uma vez que os responsáveis ​​pelo local estão todos no exterior.

Um grande número de bombeiros se deslocou para o local para tentar salvar as pessoas presas no prédio e controlar as chamas.

A casa noturna, localizada no subsolo de um prédio de 16 andares e que conta com um palco musical que recebe shows frequentemente, estava passando por uma reforma. Segundo o governador de Istambul, Davut Gül, alguns dos mortos no incêndio eram justamente trabalhadores dessas obras.

Gül negou as primeiras notícias da imprensa sobre uma explosão no prédio e confirmou que a boate, inaugurada em 1987, teve sua licença renovada em 2018. A partir das instalações, o fogo propagou-se para o edifício, atingindo até o quinto ou sexto andar e provocando uma enorme coluna de fumaça, relatou a emissora NTV.

Autoridades investigam causa do incêndio que resultou na morte de dezenas de pessoas, nesta terça-feira (2), em uma casa de shows na Turquia. Foto: EFE/EPA/ERDEM SAHIN
Autoridades investigam causa do incêndio que resultou na morte de dezenas de pessoas, nesta terça-feira (2), em uma casa de shows na Turquia. Foto: EFE/EPA/ERDEM SAHIN| EFE

O prefeito de Istambul, Ekrem Imamoglu, disse a essa mesma emissora que uma grande quantidade de material de construção estava espalhada pelas instalações, o que poderia ter facilitado o incêndio.

O ministro da Justiça da Turquia, Yilmaz Tunç, anunciou em uma mensagem na rede social X a nomeação de três procuradores para investigar as causas do incidente e acrescentou que já foram emitidas ordens para prender cinco pessoas, incluindo o responsável da obra.



FONTE: GAZETA DO POVO

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!