Barra do Garças – MT – 22 de maio de 2024
Barra do Garças – MT – 22 de maio de 2024

Em entrevista, Milei chama Petro de “assassino terrorista”


O presidente de Argentina, Javier Milei
O presidente de Argentina, Javier Milei| Foto: EFE/ Luciano González

O presidente da Argentina, Javier Milei, teceu duras críticas contra dois líderes
latino-americanos durante uma entrevista concedida à CNN, que irá ao ar somente
no domingo (31).

O libertário referiu-se ao presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, como “ignorante” e chamou o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, de “assassino terrorista”, citando o passado do esquerdista na guerrilha M-19.

“Que um ignorante como López Obrador fale mal de mim, me enaltece”, disse Milei, fazendo referência às críticas feitas contra ele pelo mexicano.

Em resposta a essas declarações, Petro decidiu nesta quarta-feira (27) expulsar diplomatas argentinos na Colômbia. “O alcance desta decisão será comunicado à Embaixada da Argentina através dos canais institucionais diplomáticos”, informou a chancelaria da Colômbia.

Durante a entrevista, o presidente argentino também criticou a candidata à
presidência do México, Claudia Sheimbaum, que é apoiada por López Obrador.
Milei culpou o modelo “populista e socialista” defendido pelos dois, modelo
este que, segundo o libertário, foi o responsável pela deterioração econômica
da Argentina.

Milei argumentou que as políticas socialistas são prejudiciais e que líderes como López Obrador e Sheimbaum deveriam reconsiderar suas abordagens ideológicas.

Milei já se referiu a Petro como “assassino” em outra declaração dada em janeiro deste ano, quando chamou o presidente colombiano de “comunista assassino”. Naquele momento, Petro chamou de volta ao país o embaixador colombiano na Argentina, Camilo Romero, que segue em Bogotá para consultas.



FONTE: GAZETA DO POVO

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!