Barra do Garças – MT – 20 de abril de 2024
Barra do Garças – MT – 20 de abril de 2024

Ortega fecha consulados nos EUA e abre em países sem nicaraguenses



Uma reportagem publicada nesta terça-feira (20) pelo jornal
Confidencial apontou que a ditadura da Nicarágua fechou pelo menos sete
consulados no último mês em países com comunidades nicaraguenses expressivas,
ao mesmo tempo em que recentemente abriu escritórios diplomáticos em países africanos
onde o número de cidadãos do país centro-americano é insignificante.

De acordo com o periódico, foram fechados três consulados
nos Estados Unidos e um cada no México, na Guatemala, na Inglaterra e na
Alemanha. Entre os países com reduzidas comunidades de nicaraguenses que
tiveram consulados abertos recentemente, estão o Zimbábue e Burkina Faso, na
África.

Segundo migrantes nicaraguenses, nos consulados recém-fechados, os avisos afixados nas portas sequer trazem telefones, e-mail ou qualquer informação sobre se alguns procedimentos podem ser feitos online ou se é necessário se deslocar para outras cidades.

Denis, um migrante nicaraguense que mora em Sacramento, capital do estado americano da Califórnia, disse ao Confidencial que agora terá que ir a Miami, na outra costa dos Estados Unidos, para retirar seu passaporte, já que o consulado de Los Angeles fechou.

Com viagens e hospedagens, as despesas extras devem ficar em
torno de US$ 500, dinheiro que ele vinha economizando para comprar medicamentos
para a avó, que mora na Nicarágua. Outras opções além de Miami são Nova York e
Washington.

“É mais um crime desta ditadura assassina que não quer que
nós, nicaraguenses, voltemos ao nosso país. Daniel Ortega quer nos deixar
isolados, mas a única coisa que lhe interessa é que continuemos enviando dinheiro
para sustentar o país que ele arruinou”, disse Denis.

Os nicaraguenses que vivem em outros países, desprezados por
Ortega, enviaram US$ 3,5 bilhões para suas famílias na Nicarágua entre janeiro
e novembro de 2023, segundo dados oficiais.

É um número altamente representativo, considerando-se que o
PIB da Nicarágua foi de US$ 17,3 bilhões no ano passado, segundo estimativa do
Fundo Monetário Internacional (FMI).

Hoje, cerca de 800 mil nicaraguenses residem nos Estados Unidos. O regime de Ortega não apresentou justificativas para o fechamento dos consulados.



FONTE: GAZETA DO POVO

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!