Barra do Garças – MT – 19 de abril de 2024
Barra do Garças – MT – 19 de abril de 2024

Irmo de mulher presa por espancar marido mata cunhado horas depois em MT


Após ser agredido pela esposa com o cabo de vassoura e receber ameaças de morte, um homem identificado como José Neres Alvares, 43 anos, foi assassinado a tiros perto da Praça da Fé, em Nova Ubiratã (432 km de distância), na noite deste domingo (4). O cunhado dele, um homem de 47 anos, é apontado como principal suspeito do homicídio. 

De acordo com o boletim de ocorrência, enquanto a então mulher de José estava sendo encaminhada para a Delegacia, uma guarnição recebeu informações de que um homem em um carro Strada de cor branca havia sido alvejado na Rua Antonio Feijó, próximo à praça. Conforme o documento policial, o homem era José, que teve seu óbito confirmado ainda no local. 

Denúncias anônimas indicavam que o autor dos disparos era o irmão da suspeita, que momentos antes havia afirmado que iria matá-lo. O atirador estava em seu veículo Fiat Uno Way de cor prata, e estaria perseguindo a vítima pelas ruas. Segundo o boletim, em checagem no sistema de monitoramento de câmeras, foi possível constatar que o suspeito estava naquela região, junto com os outros irmãos da suspeita detida, momentos antes do homicídio. Conforme o b.o, na filmagem, é possível visualizar o suspeito ao avistar a vítima José Neres Alvares, passando conduzindo o veículo Strada ao seu lado, proferindo algumas palavras e apontando com o dedo  em direção à vítima.

Depois, o suspeito entrou em seu veículo Fiat Uno Way e seguiu a vítima. A Polícia Militar recebeu informações de possíveis locais onde o suspeito poderia se esconder. Foi feita diligência na casa do suspeito, onde as guarnições localizaram o Fiat Uno com a chave na ignição e com as portas abertas, mas sem ninguém. Durante a busca na casa, foi encontrada dentro de um guarda-roupas uma baleira contendo 11 munições calibre 20 intactas.

O carro foi apreendido e levado para o pátio da Delegacia de Nova Ubiratã, para serem realizados exames periciais. Novas diligências foram realizadas pelo Assentamento Cedro Rosa e vizinhança, mas até o momento o suspeito não foi encontrado.



Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!