Barra do Garças – MT – 17 de abril de 2024
Barra do Garças – MT – 17 de abril de 2024

ALMT realiza audiência pública para debater situação da MT-251, que liga Cuiabá a Chapada


Enfrentando risco de desabamento e com interdições constantes, a rodovia estadual MT-251, principal via que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães (66 km de Cuiabá), é tema de debate na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O objetivo é buscar soluções para resolver o problema da via e alternativas imediatas para melhorar a mobilidade. A reunião acontece nesta sexta-feira (19), às 9h, no Plenário das Deliberações Renê Barbour.

O deputado Wilson Santos (PSD) é requerente da audiência e explica que já estão sendo estudadas algumas medidas como o asfaltamento de uma rota alternativa pelo distrito de Água Fria, que torna o percurso menor e mais rápido. “Além disso, tem o projeto de construção da MT-030 que há 15 anos espera andamento. Queremos discutir junto às autoridades locais, Governo do Estado, geólogos, engenheiros, técnicos do ICMBio – já que a área está dentro de um Parque Nacional e qualquer intervenção precisa de anuência do Governo Federal, defende. 

“Tudo isso precisa ser debatido em conjunto pelo poder público e população para juntos chegarmos a uma solução rápida e viável. Por isso propomos esta audiência”, explicou o parlamentar.

O trânsito na MT-251 está sendo interrompido no trecho do Portão do Inferno, para realização de serviços de contenção emergencial, após sucessivos episódios de desmoronamento na região. Comerciantes e moradores afirmam que o bloqueio está impactando na economia do município, que tem no turismo sua principal fonte de renda, já que afasta os visitantes. Além disso, eles reclamam do aumento do custo de frete e o preço final dos produtos, uma vez que os fornecedores precisam rodar cerca de 200 km para abastecer a cidade.

A situação, que completou um mês esta semana, teve início no dia 14 de dezembro do ano passado, quando o Governo do Estado decretou situação de emergência na região do Portão do Inferno, entre os km 42 e 48 da rodovia e estabeleceu o sistema “pare-siga” para veículos leves, além de restringir o trânsito de veículos pesados. Recentemente com início das obras de contenção a estrada fica interditada pela parte da manhã para execução dos serviços. 

Serviço

Audiência pública para debater a MT-251

Local: Plenário das Deliberações Renê Barbour, na Assembleia Legislativa

Data e horário: 19 de janeiro de 2024, às 9h.






Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!