Barra do Garças – MT – 23 de fevereiro de 2024
Barra do Garças – MT – 23 de fevereiro de 2024

Aliado do Hamas, Irã abandona COP28 devido à presença de Israel


A Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28) de 2023,  foi iniciada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, nesta quinta-feira (30)
A Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28) de 2023, foi iniciada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, nesta quinta-feira (30)| Foto: EFE/EPA/ALI HAIDER

A delegação do Irã abandonou nesta sexta-feira (1º) a Conferência da ONU sobre as Mudanças Climáticas (COP28), em Dubai, devido à presença de representantes israelenses, incluindo o presidente de Israel, Isaac Herzog.

“A delegação da República Islâmica, chefiada pelo ministro da Energia, Ali Akbar Mehrabian, protestou contra a presença de membros de Israel e abandonou (a cúpula)”, disse a agência de notícias iraniana Mehr. Mehrabian, no entanto, enviou uma declaração em vídeo que será divulgada no final do dia, após os discursos dos outros participantes.

O presidente iraniano, Ebrahim Raisi, anunciou na quinta-feira (30) que não participaria na COP28 devido à presença de Herzog. O Irã, um dos principais financiadores do Hamas, responsabilizou Israel e os EUA pelo recomeço dos ataques na Faixa de Gaza, após um cessar-fogo de sete dias que permitiu a libertação de alguns reféns capturados pelo grupo terrorista em troca da soltura de prisioneiros palestinos.

“Depois de terem matado mais de 15 mil palestinos, os vampiros sionistas iniciaram uma nova rodada de assassinatos com o apoio contínuo do governo dos Estados Unidos”, acusou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Nasser Kanani, na rede social X ( antigo Twitter).

Teerã celebrou o ataque de seu aliado Hamas contra Israel, em 7 de outubro, que matou 1.200 pessoas e, desde então, tem avisado repetidamente que seus parceiros do Eixo da Resistência poderão abrir outras frentes se não forem interrompidos os bombardeios na Faixa de Gaza, que já mataram mais de 15 mil palestinos, segundo dados não verificados divulgados pelo Hamas. (Com Agência EFE)



Source link

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!