Barra do Garças – MT – 21 de fevereiro de 2024
Barra do Garças – MT – 21 de fevereiro de 2024

‘Cangaço Novo’ ganha público global e integra lista de séries mais assistidas em Angola, Portugal e Canadá


Produção brasileira está disponível no catálogo do serviço de streaming Prime Video

Divulgação/Renato AmorosoCangaço Novo
Cangaço Novo conta a história de Ubaldo, que se muda de São Paulo para o Ceará atrás de uma herança

A série brasileira “Cangaço Novo” tem sido um grande sucesso para o público internacional. Lançada no último mês no aplicativo Prime Video, a produção atingiu o top 10 de obras mais visualizadas no streaming em diferentes continentes do mundo. Países com a língua oficial portuguesa são os maiores destaques para a audiência de “Cangaço Novo”. Na Angola, por exemplo, varia entre os três primeiros mais assistidos do serviço de streaming da Amazon desde o dia 20 de agosto. Apesar de ter ficado por pouco menos de 15 dias no ar durante o último mês, o tempo foi suficiente para a série se manter no ranking de mais assistidas do período. A obra também é destaque para o público de locais como Canadá, Argélia, Benin, República Dominicana, Haiti, Jamaica, Costa do Marfim, Portugal e Emirados Árabes Unidos.

Com filmagens no Nordeste do país, “Cangaço Novo” se passa na cidade fictícia de Cratará. O personagem principal é Ubaldo, um adulto sem memórias claras de sua infância, que descobre uma herança em sua terra natal. Lá, ele conhece suas irmãs, que lideram uma gangue de bandidos e veneram o seu falecido pai, que era líder do cangaço no passado. Na cidade, ele passa a ser cultuado pela forte semelhança com o pai e é chamado a “cumprir seu destino” como o novo mítico “cangaceiro” e líder supremo da gangue que ataca bancos com carros potentes e armamento pesado. Ubaldo terá que enfrentar bandidos, assassinos, policiais corruptos e literalmente explodir pequenas cidades enquanto embarca em sua jornada, tentando desesperadamente manter sua moralidade diante do legado da família.

No Brasil, a produção do gênero “nordestern” (que mistura Nordeste com “western”, como são chamados nos EUA os filmes que falam sobre o Velho Oeste) é unanimidade entre os críticos e ganhou o coração da classe artística. A cantora Anitta, por exemplo, frequentemente escreve sobre a série na rede social X (antigo Twitter) e demonstra sua afeição por Ubaldo. Já sua colega de profissão Maria Rita prefere outro personagem do clã Vaqueiro (sobrenome da família que comanda o bando). “Toda mulher é um pouco Dinorah”, opinou a filha de Elis Regina. A atriz Juliana Paes, por sua vez, mostrou-se “encantada” com a história que mistura drama familiar, cangaço e roubo a bancos.

Pouco conhecidos do grande público — mas com grandes trabalhos no currículo —, os atores Allan Souza Lima (Ubaldo) e Alice Carvalho (Dinorah) ganharam diversos elogios por suas atuações. Em vídeo no qual agradeceu a diversas pessoas envolvidas na produção — entre elas as suas “irmãs” Carvalho e Tainah Duarte (Dilvânia) —, Lima dedicou um trecho à preparadora de elenco Fátima Toledo. “Agradeço a você por me reencontrar como ser humano dentro desse personagem que não esboçava um sorriso sequer. Um processo doloroso que vivi, porém, transformador.” O artista nascido no Recife está no ar na Globo em “Amor Perfeito”, já atuou em “A Regra do Jogo” e fez participação especial em “Avenida Brasil”. No cinema, interpretou Christian Cravinhos na série de filmes que fala da morte dos pais de Suzane von Richthofen. “A Menina Que Matou os Pais – A Confissão”, o terceiro longa da franquia, estreará em outubro.

Na pele da valente Dinorah, Alice Carvalho também é roteirista e diretora. Em 2016, conciliou todos os seus talentos na websérie “Septo”, escrita, dirigida e protagonizada por ela. A história é voltada para o público LGBTQIA+ e ambientada em Natal, cidade onde Alice nasceu. Está disponível no YouTube. A atriz ainda participou da primeira temporada do seriado global “Segunda Chamada” e do filme “Angela”. Rosto mais conhecido, Tainah Duarte é uma das protagonistas de “Aruana”, série da Globo sobre ativismo ambiental, e participou do filme “Mundo Cão”, de 2016, ao lado de Babu Santana e Adriana Esteves. “Cangaço Novo” ainda conta com Hermila Guedes, Marcélia Cartaxo, Pedro Lanin, Enio Cavalcante, entre outros. A série é dirigida por Aly Muritiba e produzida pela O2 Filmes.

Confira o trailer de Cangaço Novo









Jovem Pan

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!