Barra do Garças – MT – 22 de maio de 2024
Barra do Garças – MT – 22 de maio de 2024

Prefeitura de Cuiab | Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econmico estimula o fortalecimento da Apicultura com entrega de kits a novos produtores


“Esse projeto é um sucesso, vai alavancar a apicultura. Antigamente eu era sozinho, não tinha muito conhecimento. Com o projeto Agro da Gente que trouxe conhecimento e preparo, os participantes estão animados para criar abelhas. E a motivação é ainda maior, porque além de todo o acompanhamento técnico que teremos, a parceria entre os futuros apicultores é solidária, um ajuda o outro”. Foi assim que o apicultor Luiz Domingos Alves Barbosa expressou sua satisfação com o projeto de Apicultura desenvolvido pelo programa Agro da Gente, da Prefeitura de Cuiabá, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico. Ele é proprietário da Chácara Barbosa, na região do Aricazinho, que sedia o primeiro apiário da região. No local, na manhã de sexta-feira (18), cerca de 10 futuros produtores de mel da região do Cinturão Verde, Aricazinho e Brasil 21 receberam kits de trabalho para fortalecer a cadeia produtiva.

“É o primeiro dos 40 apiários que serão construídos com o objetivo de fortalecer a cadeia do mel,  com produção de qualidade para depois ganhar o mercado consumidor. Em breve estaremos lançando a Casa do Mel itinerante, para maior comodidade e ganho produtivo. O apicultor não precisará sair, a Casa do Mel itinerante vem até o apicultur para colher o seu produto”, revelou o secretário municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo.

Vuolo ressaltou que é um compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro com a zona rural, que existe essa política pública voltada para fortaleciemnto do produtor de pequena propriedade. “Temos um mapeamento de pequenos produtores de toda a região e é expressivo, daí a importância da aproximação do poder público com políticas consistentes, não só dando instrumentos para a população, mas acompanhando a produção, orientando na produção para que seja de excelência e chegue à mesa do consumidor devidamente certificada, inspecionada”, frisou o secretário.

A preocupação final é gerar renda e fortalecer o segmento, e também reverter a situação de mercado, uma vez que atualmente Cuiabá é importadora do produto que chega à mesa do cidadão. Sendo assim, tanto a disponibilidade da produção local em supermercado quanto em feiras é vista como mecanismo de aproximar o poder público do cidadão, o produtor da pequena propriedade e aproximar o homem da cidade com o homem do campo. “E faz com que a economia se equilibre e a população cuiabana seja a maior beneficiada”, lembrou Vuolo.

Para Eldeberto de Oliveira, todo o acompanhamento técnico bem como o Kit disponibilizado é um incentivo para que a apicultura avance. “Estou entrando nessa atividade agora para incrementar mais o rendimento do que eu já faço, otimizar a renda”, explicou ele, que já atua com gado leiteiro, agora apicultura e pretende ingressar no projeto de FLV  (Frutas, Legumes e Verduras), também do programa Agro da Gente.

Iliete Soupinski, da Associação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar das Serras das Laranjeiras, da região do Aguaçú, no Distrito da Guia, esteve presente no evento e disse que a  atividade de apicultura tem um vasto mercado a ser explorado, e que por demandar pouco tempo e ser uma atividade leve, pode ser desenvolvida por jovens e pessoas com mais idade.

“Apaixone-se pelas abelhas. É um trabalho leve, os cuidados demandam um dia de trabalho a cada 15 dias. É possível uma renda boa sem tomar muito tempo”, frisou.

Além do equipamento de proteção individual (EPI), sendo o macacão completo, bota e luvas, o kit entregue continha 2 melgueiras, um fumigador, 2 quilos de cera alveolada, um quilo de arame para quadros e 1000 ilhós e um ninho para iniciar a produção de abelhas.



Prefeitura de Cuiabá

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!