Barra do Garças – MT – 23 de julho de 2024
Barra do Garças – MT – 23 de julho de 2024

Petrobras recebe indicação de Jean Paul Prates como futuro presidente


Ministro da Previdência Social, Carlos Lupi
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil – 7.7.2011

Ministro da Previdência Social, Carlos Lupi

O ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, prometeu nesta terça-feira (3) acabar com a fila do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Durante seu discurso, o ministro também diz querer fazer uma “antirreforma” da Previdência, e criar um portal com dados de pagamentos de benefícios como aposentadorias e pensões .

O novo líder da pasta afirmou que “a campanha agora é fila zero ” entre as pessoas na espera dos benefícios do INSS. Ele também afirmou que irá utilizar da ajuda de governadores e prefeitos para o processo. “Nós precisamos cuidar dos atrasos , do desrespeito, do acinte à cidadania que foi essa antirreforma da Previdência”, disse.

“Quero formar uma comissão quadripartite com a representação dos sindicatos patronais, sindicatos dos empregados, sindicatos dos aposentados e o governo”, afirmou durante o evento em Brasília.

Segundo o ministro, “A Previdência não é deficitária, vou provar a cada dia que eu estiver à frente deste ministério.”

A criação do portal, de acordo com seu discurso, colocaria os dados da previdência mensalmente em um portal específico para o órgão. Isso facilitaria a fiscalização e poderia acelerar o processo.

A Reforma da Previdência, realizada durante o governo Bolsonaro, aumentou a idade mínima para a aposentadoria, aumentando o benefício para aqueles que recebem acima do teto do INSS. 

Já existem planos para o órgão para 2023. Um novo concurso do INSS deve acontecer ainda este ano, com o intuito de aumentar o número de funcionários e suprir a defasagem apontada pelo órgão. Durante o período de transição, a equipe de Lula já citava a criação de mais 1.000 vagas de técnico para o próximo edital .

Lupi já foi ministro do Trabalho entre 2007 a 2011. Ele ocupou o cargo de presidente do PDT entre 2004 a 2006, e voltou ao cargo em 2012. Durante o mandato de Bolsonaro, o ministro foi o líder da oposição na câmara de deputados.

Durante sua posse, Lupi anunciou o deputado federal Wolney Queiroz (PDT-PE) como secretário-executivo do Ministério da Previdência. 

“Um amigo de luta e de militância de 35 anos no PDT, que eu convidei para ser secretário-executivo do Ministério, e ele aceitou, que é o Wolney Queiroz”, disse durante a cerimônia. 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Fonte: IG ECONOMIA





Lapada Lapada

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!