Barra do Garças – MT – 24 de julho de 2024
Barra do Garças – MT – 24 de julho de 2024

Prefeitura de Cuiab | Municpio de Cuiab responsvel por mais de 80% dos atendimentos de alta complexidade do Estado


O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, apresentou dados oficiais do DATASUS, do Ministério da Saúde, que comprovam que o Município de Cuiabá é responsável por mais de 80% dos atendimentos de alta complexidade do Estado, a maioria realizados no Hospital Municipal de Cuiabá, único hospital referência em Mato Grosso portas abertas (urgência e emergência) e Hospital Municipal São Benedito. A informação foi divulgada pelo gestor durante coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira (28), no salão nobre do Palácio Alencastro.

Conforme o DATASUS, constata-se que o município de Cuiabá atendeu em sua Rede de Assistencial Hospitalar de Saúde mais de 41% de pacientes do interior do Estado. “A grande verdade é que carregamos a saúde de Mato Grosso nas costas”, destacou o prefeito Emanuel Pinheiro. 

Em relação aos atendimentos realizados pelas Unidades Hospitalares sob gestão do Estado de Mato Grosso, nos anos de 2020, 2021 e 2022 apresentam um total de 124.399 internações hospitalares. Já as unidades sob gestão Municipal de Cuiabá nos mesmos anos representam 102.682 internações hospitalares de atendimentos de serviços habilitados e 55.129 internações hospitalares de atendimentos de serviços não habilitados (que se encontra em processo de habilitação, Centro de Tratamento de Queimados, Neurocirurgia, Ortopedia). 

“As unidades hospitalares sob gestão do município de Cuiabá produzem mais do que todas as Unidades Hospitalares Estaduais públicas e privadas contratualizadas sob gestão estadual espalhadas por todo estado de Mato Grosso”, informou o prefeito. 

“Os dados extraídos comprovam que Cuiabá é a maior responsável pelos atendimentos hospitalares do Estado de Mato Grosso, sem o suporte do município de Cuiabá, os atendimentos do Estado entrariam em caos total”, completou o gestor. 

Segundo o prefeito, os atendimentos dos pacientes de municípios do interior do Estado ocorrem principalmente no Hospital HMC e São Benedito que possuem vários serviços habilitados, e também serviços em processo de habilitação junto ao Ministério da Saúde. 

“Já em relação à afirmação, que os pacientes de Cuiabá estão migrando para o interior em busca de atendimentos, é improcedente, pois constata-se um insignificante percentual, proveniente de pacientes em trânsito (trabalho), pois os atendimentos são internações de baixa complexidade e clínica, espalhado em várias unidades hospitalares do interior do Estado”, destacou o gestor. 

Conforme o DATASUS, entre 2019 a 2022, foram 67.959 internações de pacientes residentes em Cuiabá, desse montante, 67.537 foram atendidos na capital, representando 99,37% internações em Cuiabá e 0,63% internações no interior. 

“Minha gestão é acolhedora, porém como consequência do nosso acolhimento, a rede assistencial de saúde está sobrecarregada devido ao grande volume de pacientes de municípios do interior. O Estado praticamente não ajuda o município de Cuiabá e também não estrutura o interior”, revelou o prefeito. 

Segundo o gestor, a coletiva de imprensa foi realizada para mostrar os dados reais da Saúde de Cuiabá, como também os avanços na administração Emanuel Pinheiro. “Não temos nada a esconder, nosso trabalho é sério e transparente. As dificuldades e desafios naturais existem, mas sabemos que o Estado está pior, pois não existe saúde nos municípios do interior, fato este que sobrecarrega a capital, Cuiabá”, ressaltou.



Prefeitura de Cuiabá

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!